Mais populares

Mais populares

Rio de Janeiro-RJ: Movimentos se reúnem para discutir estratégias de interesse popular para eleições

Setembro 07, 2016 - 23:58
Publicado em:

No dia 07 de setembro, em pleno feriado patriótico, a Articulação de Grupos Autônomos (AGA) se reuniu com outros movimentos, para discutir o posicionamento e as estratégias para estas eleições, que estejam de acordo com interesses populares, em vez de reforçar os interesses dos poucos proprietários e gerentes do estado brasileiro.

Rio de Janeiro-RJ: IV Feira da Rede de Economias Coletivas na Comunidade Chico Mendes

Novembro 24, 2016 - 14:18
Publicado em:
0 comments

No próximo dia 10 de dezembro, ocorrerá mais uma edição da Feira da Rede de Economias Coletivas, desta vez, na Comunidade Chico Mendes, na Pavuna. Esta feira reúne coletivos que buscam uma nova forma de organização não capitalista, baseada nos princípios da Autogestão, Democracia, Solidariedade, Cooperação e Respeito à Natureza.

Rio de Janeiro-RJ: VI Feira da Rede de Economias Coletivas

Agosto 31, 2017 - 00:01
Publicado em:
0 comments

No dia 12 de agosto ocorreu a VI edição da feira de economias coletivas, desta vez no Engenho de dentro. Diversos grupos auto organizados e de forma autônoma estiveram presentes com produtos que variam entre bazar, perfumes, artesanatos, canecas, comidas e cervejas artesanais, livros e música produzida por músicos independentes.

Articulação de Grupos Autônomos - AGA

Junho 01, 2017 - 00:00
0 comments

A Articulação de Grupos Autônomos - AGA reúne uma diversidade de coletivos e movimentos sociais que desenvolvem e/ou apoiam iniciativas de resistência autonoma e com foco em economias coletivas. Buscamos construir uma rede cada vez mais forte e ampla de apoio mútuo entre os grupos que buscam seu autossustento em relações de trabalho sem patrão, exploração ou hierarquias.

Rio de Janeiro-RJ: V Feira da Rede de Economias Coletivas

Julho 17, 2017 - 03:26
Publicado em:
0 comments

No dia 10 de Junho ocorreu a V Feira da Rede de Economias Coletivas na Praça Agripino Grieco no Méier, contou com a presença de diversos grupos autônomos de produção coletiva e auto organizados, além de apresentações artísticas, unindo economia, cultura e política.

Veja o chamado para a feira: Calendário - V Feira da Rede de Economias Coletivas

Construindo economias coletivas no campo e na cidade

Outubro 04, 2013 - 11:55
0 comments

Em novembro de 2012 aconteceu no Centro de Cultura Social em Vila Isabel o EROPA (Encontro Regional de Organizações Populares Autônomas, vinculado ao ELAOPA – Encontro Latino-Americano de Org. Populares Autônomas). Esse encontro foi organizado pelos movimentos: MTD-Pela Base, MCP, OP, Mutirão, FIST, OATL. Numa das comissões (Economia Solidária) discutimos o significado da Economia Coletiva e Popular para os movimentos sociais emancipatórios e para uma transformação radical da sociedade. Surgiu a idéia de realizarmos, em 2013 um encontro de movimentos sociais e grupos que desenvolvem atividades no âmbito da Economia Coletiva e popular.

Encontro Anual 2013

Novembro 09, 2013 - 13:15
0 comments

Grupos confirmados

Articulação de Agroecologia Rio de Janeiro
Associação de Produtores Autónomos do Campo e da Cidade (APAC)
Cooperativa Liga Urbana (Ocupação Manoel Congo)
Cooperativa Roça!
Fabrica Ocupada Flaskô
Grupo Orgânico de Magé
Movimento das Comunidades Populares (MCP)
Movimento de Organização de Base (MOB)
Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA)
Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST)
Os Neguin Q Não C Kala
Universidade Popular Autônoma de Centro (UPAC)

Caderno do encontro Anual 2013

Fevereiro 03, 2014 - 14:25
0 comments

O caderno “Economias Coletivas” apresenta o acúmulo do encontro “Economias Coletivas” do 24/11. Disponibilizamos 3 arquivos. É possível acessá-los e baixá-los nos links abaixo ou entrar em “Arquivos”. O primeiro é o caderno completo para a leitura na tela ou para impressão em folhas A4. O segundo arquivo é o pdf com a sequência de folhas para quem tenha um impressora que imprime frente e verso. Escolhendo a função “frente e verso” e 2 páginas por folha sai um caderno tamanho A5 com 24 páginas. O terceiro arquivo é menos pesado e une os textos do caderno, sem as páginas com fotos. Utilizem o material a vontade, imprimam, repassem, estudem, discutam, deem retorno e tudo mais. Viva o coletivo!

Rede Economias Coletivas