Mais populares

Mais populares

O Povo que se Atreveu a Resistir: Ação Direta e Resistência na Comunidade de Pinheirinhos

Janeiro 16, 2012 - 00:26
Publicado em:
0 comments

Texto da Organização Popular/RJ sobre o processo de luta dos moradores do acampamento do Pinheirinho, localizado na zona sul de São José dos Campos, que resistiram com cães e armas improvisadas a reintegração de posse do local.

Organização Popular

Começamos este texto com uma imagem, uma imagem que chega aos olhos, mas atravessa o coração, e deste, tira suas lições. De um lado, mães, crianças, trabalhadores e trabalhadoras; sem-tetos. Do outro, um especulador imobiliário, o governo do estado de São Paulo e a prefeitura de São José dos Campos. De um lado, o direito de viver, de ter um teto, de ter um lar. Do outro, o direito de explorar, de especular, de lucrar sem trabalhar. De um lado, a terra como vida e trabalho, de outro a terra como lucro e mercadoria! O que vemos é um conflito de classes. De um lado o nosso povo, sofrido, mas sempre aguerrido. Do outro, os exploradores e seus instrumentos de repressão e a justiça dos ricos em seu favor.

Carta de Saída da CSP Conlutas

Julho 19, 2012 - 00:39
0 comments

Nota da Coordenação Nacional do MTST

O MTST esteve na CSP Conlutas desde sua fundação, no Conclat de 2010. Diante da divisão que se estabeleceu naquele Congresso, optamos por compor a Central que dele surgiu, por acreditarmos na proposta de unificar organizações combativas da classe trabalhadora - no movimento popular e sindical.

I Feira da Reforma Agrária da UFRuralRJ

Novembro 16, 2012 - 00:00
Publicado em:
0 comments

Viemos convidar a todos os grupos, organizações, instituições, interessados e afins para a realização da I Feira da Reforma Agrária da UFRuralRJ nos dias 22 e 23 de novembro de 2012 das 8:00hs às 15:00hs.

A feira tem por objetivo articular experiências diversas na produção de alimentos agroecológicos de assentamentos da reforma agrária do Rio de Janeiro com a Universidade e todos a ela direta ou indiretamente relacionados, além da comercialização e escoamento da produção dos assentamentos.

Organização Popular na luta em torno da Aldeia Maracanã

Novembro 17, 2012 - 00:00
Publicado em:
0 comments

O espaço onde fica a Aldeia Maracanã já foi sede do Serviço de Proteção ao Índio (SPI) e Museu do Índio e estava abandonado havia muitos anos quando os indígenas o ocuparam, em 2006. De lá pra cá, foram eles, os indígenas, que deram, na prática, função social pro prédio. Desde 2008, professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) que estudam os povos indígenas, apóiam a reivindicação da Aldeia Maracanã, que fica também praticamente ao lado da Uerj.

Nota de Solidariedade à Federação Anarquista Gaúcha

Outubro 31, 2017 - 23:28
2 comments

O coletivo Organização Popular (OP) vem a público se solidarizar com os companheiros da Federação Anarquista Gaúcha, com a Ocupação Pandorga e com o Instituto Parrhesia Erga Omnes, que no dia 25 de outubro de 2017 sofreram com a repressão do Estado, tendo os seus espaços invadidos pela Polícia Civil. Livros anarquistas, jornais, publicações de movimentos sociais e garrafas pet com material reciclável serviram como provas para incriminar essas organizações políticas, que atuam junto a movimentos populares, construindo, através do trabalho de base, uma frente de resistência ao avanço do capital e das injustiças sociais.

Um guerreiro a menos: adeus a Alexandre Mendes (1977-2017)

Abril 22, 2017 - 20:47
0 comments

Na madrugada de domingo para segunda-feira 17/04/17, faleceu Alexandre Mendes de Vasconcelos, aos 40 anos de idade. O valoroso companheiro foi atropelado enquanto se exercitava fazendo uma caminhada às margens da rodovia RJ-106, no Arsenal, em São Gonçalo (RJ), na manhã do domingo de Páscoa. Um carro perdeu o controle ao ultrapassar um ônibus e atingiu Alexandre, que, hospitalizado, não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito horas mais tarde.

[Rio de Janeiro-RJ] Bloco da Ceguinha 2018: Guerreiro Como Sempre

Fevereiro 10, 2018 - 20:45
0 comments

Às 18h dessa quarta-feira 7 de fevereiro, a banda já estava lá esquentado os tamborins para mais uma edição do Bloco da Ceguinha, um evento crítico-recreativo tradicional de iniciativa da categoria serventuária (servidora pública do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro). Mas o evento conta ainda com a participação de pessoas de diversos setores da classe trabalhadora. Trata-se também duma forma de resistência cultural de incentivo ao Carnaval de rua, respeitoso, democrático, acessível a todo mundo. Uma resistência avessa a qualquer forma de elitização dessa importante festa popular, que hoje (em muitos eventos) fica confinada em clubes granfinos e sambódromos com ingressos caros. Entendemos como negativa a realização de baile de Carnaval a portas fechadas: evento acrítico e meramente recreativo, isolado da rua e do povo.

Transversus firme e forte: jornal chega ao número 28

Dezembro 11, 2016 - 14:58
Publicado em:
0 comments

Mesmo no meio duma agitação danada contra os desmandos governamentais e as explorações do megaempresariado, a turma colaboradora do jornal político-cultural Transversus segue sem deixar a peteca cair. Mesmo gastando um tempão na militância sindical e comunitária, ainda se consegue manter essa importante publicação alternativa, feita exclusivamente com recursos da classe trabalhadora. O tabloide chega a seu 28º número, cheio de vigor.

Páginas