Mais populares

Mais populares

Três semanas na Venezuela: Diário de uma carioca na República Bolivariana

Agosto 07, 2017 - 17:10
Publicado em:
0 comments

Em maio de 2017, saí do Rio com destino à Venezuela, como colaboradora para uma série de matérias para um jornal espanhol. A ideia era apoiar um jornalista que cobria temporariamente o país. Do Rio voei até a Cidade do Panamá e, de lá, para Caracas, num voo da empresa venezuelana Santa Bárbara – nome no mínimo curioso para uma companhia aérea. Entrei irritada no avião, pois queriam me cobrar 90 dólares (o voo havia custado 100) porque meus dados estavam errados na reserva feita pela internet (em lugar do nome estava o sobrenome e vice-versa). Tive que protestar bastante e fazer um drama para que me deixassem embarcar sem pagar a multa. Já havia sido muito difícil comprar a passagem, considerando que as companhias aéreas bolivarianas não constam dos populares guias de viagem que pipocam no Google. Aparentemente, o mercado de turismo chavista está protegido contra as onipresentes Expedia (EUA), Kayak (EUA), Decolar (Argentina), Submarino (Brasil), Viajanet (Brasil)...

Por Júnia Azevedo

Porto Alegre-RS: Bombas de tinta no Tribunal de Justiça pela sentença a 11 anos de prisão do Rafael Braga, único preso pelos protestos de 2013

Junho 18, 2017 - 09:51
1 comments
TJ POA - 1

Rafael Braga Vieira, catador de lixo e morador de rua, foi detido em 21 de junho de 2013 no contexto dos protestos históricos contra o aumento da passagem no Brasil. Acusação: porte de artefato incendiário ou explosivo. O que ele tinha nas mãos eram duas garrafas de plástico, uma de água sanitária e uma de pinho sol.

Niterói-RJ: Remoções se espalham pelo estado e chegam à Praia do Sossego

Julho 14, 2015 - 00:00
0 comments

Família de pescadores Caiçara da Praia do Sossego em em Niterói estão sob ameaça de remoção. A política de remoções que já retirou mais de 40,000 pessoas nos últimos 2 anos só na cidade do Rio de Janeiro. avança também em todo o Estado.

Pedagogia em Rojava: Onde estudantes são também professores

Janeiro 24, 2018 - 15:36
0 comments

Impressões sobre a construção de cultura e educação revolucionárias no norte da Síria

A cultura revolucionária é muitas vezes pensada como a criação de algo completamente novo no processo de transformação radical da sociedade. As ideias da antiga ordem ideológica são jogadas no lixo da história e substituídas por completo por aquelas que representam os anteriormente subjugados e oprimidos. Claro, na prática nunca foi tão fácil ou trivial em qualquer revolução até à data. Além disso, em sociedades que viram culturas indígenas reprimidas pelos poderes estabelecidos, as formas de expressão marginalizadas e às vezes ilegais podem, na virtude de seu próprio antagonismo com o Estado, serem de caráter revolucionário apesar de não terem sentido "novo". Tal é a realidade hoje no norte da Síria, em que não só a língua e a cultura curdos, mas também as das 25 ou 30 etnias diferentes dos árabes que residem lá, são novamente analisadas e praticadas.

Niterói-RJ: Estudantes do C.E. Leopoldo Fróes fazem ocupação, mas turno da noite força a desocupação

Abril 15, 2016 - 00:00
Publicado em:
0 comments

Nesta sexta-feira, 15 de abril, os estudantes do turno integral do Colégio Estadual Leopoldo Fróes decidiram por ocupar a escola em repúdio à precarização do ensino. A ocupação estava marcada para a segunda-feira, mas devido a ações preventivas da direção no sentido de impedir que a ocupação ocorresse, os alunos decidem antecipar a ação direta. No entanto, os estudantes do turno da noite não aderiram à ocupação e forçaram a desocupação impedindo a entrada no colégio.

Curso Movimento Sindical e Movimento Social de Base

Abril 19, 2019 - 17:05
0 comments

O anarcosindicalismo e sindicalismo revolucionário no Brasil construiu a organização sindical autônoma e de base das trabalhadoras e trabalhadores nos últimos anos do século dezenove. Através dela conquistou direitos como as 8 horas diárias de trabalho e proibição do trabalho infantil. Sua trajetória conta com momentos de perseguição, prisão, assassinatos pelo Estado Brasileiro, pelo patronato capitalista e organizações reformistas de partidos de esquerda.

Rio de Janeiro-RJ: Estudantes são detidos em ato e presos por postagens em facebook

Novembro 09, 2017 - 23:14
Publicado em:
1 comments

Nesta quarta-feira, dia 8 de novembro, 8 estudantes foram detidas/os durante uma manifestação de servidores do estado em frente a Assembleia legislativa - ALERJ - e, em seguida encaminhadas/os para a 17a DP, em São Cristovão, e após a liberação de menores de idade, foram encaminhados ao presídio em Benfica.
 

[SP] Cordão da Mentira 2017 - "O País da Mentira"

Abril 02, 2017 - 22:56
Publicado em:
0 comments

O Cordão da Mentira é um bloco carnavalesco de intervenção estética que, de modo bem humorado e radical, versa e canta sobre temas cruciais para uma real transformação da sociedade brasileira. Formado por sambistas, grupos de teatro, coletivos culturais e artísticos, militantes e movimentos sociais, o Cordão desfilou pela primeira vez em 2012 discutindo as heranças da ditadura em nosso cotidiano. Desde então vai para as ruas anualmente discutindo a violência de Estado e a opressão contra as classes populares no Brasil, sempre no dia 1º de abril, dia da Mentira, dia do golpe de 1964.

A Petrobras sendo transformada em Vale

Março 19, 2019 - 14:54
Publicado em:
0 comments

Recado de retorno do Portal Autônomo de Ciências: estamos voltando com nossas postagens em 2019. A periodicidade dos textos passará a ser quinzenal para que possamos dar conta de continuar escrevendo e postando textos com qualidade. Boa leitura a todas e todos.

 

Texto publicado originalmente no dia 02/03/2019, por Antony Devalle no grupo de Facebook do grupo Inimigos do Rei.

 

Rio de Janeiro-RJ: Indígenas que ocupavam o museu do índio são retirados de forma ilegal e violenta pelo estado

Julho 19, 2016 - 00:00
0 comments
Foto de Katja Schilirò

Há uma semana vinha acontecendo o movimento de ocupação da FUNAI do Rio de Janeiro na intenção de protestar pela devolução da Aldeia Marakànà, que foi tomada pela Odebrecht, através da concessão do entorno do Maracanã. Além dessa, estavam na pauta outras demandas como a luta contra o etnocídio indígena, contra a PEC 215, e, sobretudo, contra a instalação do Comitê Olímpico Internacional no prédio do Museu do Índio, algo bem incoerente no que se propõe em seu papel institucional, pois os mesmos que impedem a entrada de indígenas que se recusam no reconhecimento de bebelôs-folclorizados, aceitam a entrada de estrangeiros com finalidades capitalistas nas olimpíadas. A FUNAI que se diz um órgão pró-indígena, mas há anos se recusa a receber as lideranças.

São Paulo-SP: Das desaparições de Ayotzinapa às desaparições no Brasil | De las desapariciones de Ayotzinapa a las desapariciones en Brasil

Junho 17, 2015 - 00:00
Publicado em:
0 comments

Os familiares dos 43 estudantes desaparecidos de Ayotzinapa, México, terminaram nesse sábado uma impressionante trajetória de quase um mês pela Argentina, Uruguai e Brasil.

Los familiares de los 43 estudiantes desaparecidos de Ayotzinapa, México, terminaron este sábado un impresionante recorrido durante casi un mes por Argentina, Uruguay y Brasil.

Páginas