Mais populares

Mais populares

Niterói-RJ: Estudantes do C. E. Pinto Lima fazem ocupação e Polícia Militar tenta impedir

Maio 10, 2016 - 00:00
Publicado em:
0 comments

Nesta terça-feira, 10 de maio, estudantes do Colégio Estadual Pinto Lima (CEPLIM) ocuparam a escola pela manhã, antes da chegada dos funcionários e a direção. Ainda pela manhã a Polícia Militar chegou exigindo a entrada, mas os estudantes não permitiram.

PEC 241 aprovada em primeiro turno gera revolta

Outubro 12, 2016 - 04:12
0 comments

Foi aprovada em primeiro turno na câmara dos deputados a PEC 241. A notícia, que começou a ser divulgada há pouco tempo, já gerou uma revolta gigantesca e inúmeras ações contrárias à aprovação da Proposta já começaram a ser marcadas. Todavia, o que é a PEC 241 e por que a população trabalhadora se põe ferozmente contra?

Niterói – RJ: Estudantes Protestam Contra o Corte de Vagas na Moradia da UFF

Outubro 13, 2017 - 23:23
Publicado em:
1 comments

O protesto caminhou pela Presidente Pedreira e seguiu pela praia do Ingá até chegar à reitoria, em Icaraí, onde encerrou com uma roda de conversa acerca do tema da manifestação e com a colagem de cartazes no prédio da reitoria.

 

Rio de Janeiro-RJ: 1ª edição do Cine Quilombo na Favela Tavares Bastos

Março 28, 2015 - 00:00
Publicado em:
0 comments

Neste dia 28 de março aconteceu a 1ª edição do Cine Quilombo na comunidade Tavares Bastos, Zona Sul do Rio. O Coletivo Projetação exibiu o filme "Quilombo" de Cacá Diegues, que foi seguido de debate sobre a condição atual do preto e morador da favela. Após o debate, bandas de Rap, como: Família 0 bala, Pro rap rua, Rap´ense, Conexão Internacional, Penso Ativo, levaram a arte e cultura combativa da favela.

Por que a favela grita que "a UPP também é ditadura"?

Junho 30, 2014 - 00:00
Publicado em:
0 comments

Nos últimos meses a população de várias favelas do Rio de Janeiro está se organizando contra a massiva repressão das Unidades da Polícia Pacificadora – UPP. Junto aos gritos de “UPP também é ditadura” e “UPP chegou para matar trabalhador”, os moradores têm protestado e denunciado uma falsa política de segurança que se restringe à mais opressão da população pobre e marginalizada.

Niterói - RJ: Guarda Municipal Agride Camelôs em Protesto no Centro

Novembro 29, 2017 - 23:19
0 comments

Na tarde desta quarta-feira, dia 29, camelôs da região central da cidade de Niterói realizaram um protesto pedindo pela legalização do seu trabalho nas ruas, temendo a repressão da GM, comum nos finais de ano. A Guarda Municipal reprimiu o ato, agredindo fisicamente os/as manifestantes com cassetetes e spray de pimenta.

Rio de Janeiro-RJ: Ato #PorTodasElas contra o machismo e a opressão

Junho 01, 2016 - 00:00
Publicado em:
0 comments

Pelo menos 30 homens abusaram sexualmente de uma mulher em uma comunidade na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Segundo a menina, que tem 16 anos de idade, ela acordou dopada e nua com 33 homens ao seu redor. O crime, que foi filmado pelos próprios estupradores e postado em redes sociais, viralizando muito rápido, estava sendo investigado pelo delegado Alessandro Thiers, envolvido no processo dos 23 presos políticos.

Maricá - RJ: jovens são executados após roda cultural

Março 26, 2018 - 20:41
3 comments

Os jovens conversavam em uma área de convivência do condomínio minha casa minha vida quando os assassinos os mandaram deitar no chão e atiraram. Segundo testemunhas, um deles disse "aqui é milícia e vamos voltar".

Os meninos não tinham passagem pela polícia e estavam engajados na organização da roda cultural de Maricá, evento de Hip Hop que ocorre no centro da cidade. Familiares estão extremamente abalados e os vizinhos tem medo de falar a respeito com receio de represalhas.

Niterói-RJ: Conselho tutelar ENTRA e conversa com estudantes do ocupaIEPIC, mas diz para jornal que foi impedido

Abril 08, 2016 - 00:00
Publicado em:
1 comments

Os estudantes secundaristas do Instituto de Educação Professor Ismael Coutinho ( #ocupaIEPIC ), vêm sofrendo diversas acusações dos representantes do estado do Rio de Janeiro. A direção da escola acusou os alunos de agressão, depredação do colégio, de impedirem pessoas de saírem da escola, de estarem sendo manipulados por estudantes da UFF, entre outros. Uma nota de esclarecimento foi publicada pelos estudantes nas redes sociais em repúdio a tais acusações.

Páginas