Mais populares

Mais populares

O trenzinho caipira e outros trens do povão

Junho 03, 2020 - 16:39
Publicado em:
0 comments

Em cada estação, seu Petrolino conversa com um passageiro. Parece sempre sentado numa cadeira de balanço quando (con)versa. Tem paciência pra contar com entusiasmo os caminhos que percorreu, fazendo o Brasil. Sempre junto com outros petrolinos e severinos, com tantas marias e petrolinas. Hospitaleiro, sempre oferece doce de letra na sua prosa. E sopa de letrinhas na sua poesia. Fala fotos em preto-e-branco e revela filmes coloridos. A saudade corta como aço de navaia, mas os óio se enche d´água mesmo com o belo horizonte que pode ser o povo brasileiro.

Atualização sobre ocupação da Reitoria da UFF

Setembro 03, 2011 - 19:46
Publicado em:
0 comments

Quarta-feira 24/08/11 às 16h15min, estudantes ativistas independentes ou vinculados a movimentos diversos, tais como o Movimento Ação Direta (MAD) ocuparam pacificamente o sétimo andar da reitoria da Universidade Federal Fluminense – UFF – na Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí, Niterói, RJ, Brasil. O objetivo era abrir um diálogo com toda a comunidade acadêmica e com o povo de Niterói em geral, sobre a imposição de diversos projetos arquitetônicos, entre eles os chamados “Via Orla” e “Via 100”.

05 de Junho: dia de luta na América Latina contra o plano IIRSA

Maio 30, 2011 - 15:43
0 comments

As organizações que fazem parte do Encontro Latino Americano de Organizações Populares Autônomas (ELAOPA) firmaram o compromisso de luta continental para o próximo dia 5 de Junho. Esta data é para fazer memória aos dois anos do massacre indígena em Bagua no Peru, num conflito que resultou em dezenas de mortos e simboliza a resistência dos povos latino americanos contra o Plano IIRSA.

"Breque dos Apps" Toma Niterói e Rio de Janeiro no Dia Primeiro

Julho 01, 2020 - 17:47
Publicado em:
0 comments

No Rio a manifestação começou por volta das 9 horas, com forte aparato policial. Apesar disso, o ato conseguiu sair e os entregadores foram até Botafogo, na sede de uma das empresas de aplicativo.

Em Niterói (Vídeo) a movimentação também começou por volta das 9, e saiu em direção à zona sul, passando por Icaraí, Ingá, Santa Rosa e terminando no Centro da cidade, em frente a Câmara Municipal.

Reitoria da UFF é ocupada por estudantes!

Agosto 25, 2011 - 19:16
Publicado em:
0 comments

Carta Aberta

Niterói, 24 de agosto de 2011, quarta-feira.

Nós, os estudantes que estamos ocupando a reitoria da UFF, o Movimento Ação Direta (MAD) e ativistas independentes, ocupamos pacificamente o sétimo andar com intuito de abrir o diálogo com toda a comunidade acadêmica e civil de Niterói sobre a imposição de diversos projetos arquitetônicos, entre eles Via Orla e Via 100.

Deus e o Diabo na Terra do Pré-Sal

Julho 28, 2020 - 23:57
Publicado em:
0 comments

No Ouro Negro, cinema-teatro de 8 lugares que construiu num mutirão numa parte do escritório na sua casa, seu Petrolino estava assistindo o filme que escreveu no trenzinho caipira. Embarcando novamente em cada palavra, escreveu novas imagens que há muito tempo estavam nas entrelinhas do seu filme. Escrevia pra multidões, mas era um poeta de diário íntimo.

Ativistas Promovem Passeata Solidária no Centro do Rio

Julho 19, 2020 - 19:13
0 comments

Além da ação de solidariedade, os manifestantes entoaram palavras de ordem contra o racismo, e chegaram a interditar uma via da Presidente Vargas em protesto contra o genocídio do povo negro, recentemente estampado na mídia devido aos assassinatos cometidos pela Polícia Militar no período da pandemia, principalmente no Rio de Janeiro, onde mesmo com determinação do STF, as operações policiais não cessaram.

[PR] É abaixo e a esquerda que derrotamos a Burocracia!

Junho 29, 2012 - 00:51
Publicado em:
0 comments

Por todo o Brasil, desde o dia 17 de maio, as IFES (Instituições Federais de Ensino Superior) sucessivamente deflagram estado de greve docente – já há a adesão de aproximadamente 51 IFES (segundo informe do CNG-ANG 11.06) de uma esfera de 99 instituições. Os servidores federais também deflagraram greve, em 11 de junho. Tais movimentos representam a indignação e a reprovação às políticas que vêm sendo implementadas no setor público – do qual a educação não está fora. Enfrenta-se, portanto, as políticas de corte de orçamento (R$ 5 bi só na educação em 2011-2012), a expansão sem recursos e estrutura proporcionada pelo REUNI (que aumenta em 50% o número de vagas, mas apenas em 20% as verbas) que gera salas superlotadas e sobrecarga aos trabalhadores da educação. Combatemos também projetos como a PL 549, que congela contratações e aumentos reais nos salários por 10 anos no serviço federal; a EBSRH, que privatiza os HUs, precarizando o serviço, o trabalho e o ensino; e o PNE (Plano Nacional de Educação 2011/2020) que estabelece as “metas” de curto-médio prazo do governo, cujo lema é “privatizar e precarizar”. E como se não bastasse – para dissuadir de forma muito safada os professores da greve – aos 45 minutos do segundo tempo o governo edita aMP568 – na intenção de desarticular a greve dos professores e dividir os trabalhadores – concedendo míseros 4% de reajuste à categoria, corta à metade os salários dos médicos e reduz os benefícios referentes à insalubridade.

Páginas