Mais populares

Mais populares

Cartilha Grêmio Autônomo e Auto Organizado

Essa cartilha é o resultado de um acúmulo histórico da luta do movimento estudantil local e foi elaborado com o intuito de resgatar os princípios de organização baseados na autonomia, horizontalidade, independência, apartidarismo e democracia direta desvalorizados nas ultimas décadas por conta de disputas institucionais, ou seja, disputas que estão sempre vinculadas aos governos ou a grupos que possuem interesses particulares em detrimento da construção da luta popular.

Organização Popular na luta em torno da Aldeia Maracanã

Novembro 17, 2012 - 00:00
Publicado em:
0 comments

O espaço onde fica a Aldeia Maracanã já foi sede do Serviço de Proteção ao Índio (SPI) e Museu do Índio e estava abandonado havia muitos anos quando os indígenas o ocuparam, em 2006. De lá pra cá, foram eles, os indígenas, que deram, na prática, função social pro prédio. Desde 2008, professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) que estudam os povos indígenas, apóiam a reivindicação da Aldeia Maracanã, que fica também praticamente ao lado da Uerj.

Mais uma Manifestação pela Educação Toma o Centro do Rio

Maio 30, 2019 - 22:50
Publicado em:
0 comments

Os cartazes, faixas e gritos eram contra os cortes de verba para as universidades públicas de institutos federais de ensino técnico. O corte pode impedir o funcionamento de diversas instituições de ensino a partir da metade do ano. Também houve manifestações contrárias à reforma de previdência proposta pelo governo.

 

O protesto foi pacífico.

I Feira da Reforma Agrária da UFRuralRJ

Novembro 16, 2012 - 00:00
Publicado em:
0 comments

Viemos convidar a todos os grupos, organizações, instituições, interessados e afins para a realização da I Feira da Reforma Agrária da UFRuralRJ nos dias 22 e 23 de novembro de 2012 das 8:00hs às 15:00hs.

A feira tem por objetivo articular experiências diversas na produção de alimentos agroecológicos de assentamentos da reforma agrária do Rio de Janeiro com a Universidade e todos a ela direta ou indiretamente relacionados, além da comercialização e escoamento da produção dos assentamentos.

La mano del pueblo x a mão (in)visível do mercado

Maio 28, 2019 - 20:06
Publicado em:
0 comments

A ditadura empresarial-militar argentina tinha começado pouco mais de dois anos antes, com o golpe de Estado de 24 de março de 1976. Isabelita Perón, que presidia o país desde a morte do seu marido, Juan Domingo Perón, em 1974, foi deposta pelas forças armadas (como explica especialmente bem o historiador argentino Felipe Pigna aqui).

Paraty - RJ : Manifestantes lançam campanha contra decreto da prefeitura

Julho 24, 2017 - 00:51
3 comments
O convite, realizado apenas para os moradores e comerciantes do centro histórico, excluiu da reunião aqueles que moram nas regiões mais periféricas de Paraty e o chamado foi feito um dia antes da data marcada para o lançamento da campanha.

Paraty-RJ: Moradoras e moradores se revoltam com o AUMENTO DAS TARIFAS intermunicipais

Janeiro 17, 2017 - 18:16
Publicado em:
2 comments

Ontem, dia 16/01, moradoras e moradores do bairro de Praia Grande em Paraty-RJ, realizaram uma manifestação contra o aumento das tarifas intermunicipais e trancaram a rodovia BR-101 das 16h até às 23:30h. A via foi fechada com troncos de árvore e atearam fogo, não deixando nenhum veículo passar. 

A PEC 241 e os movimentos conservadores anti-ocupação, o que há em comum entre eles?

Novembro 24, 2016 - 23:35
1 comments

A PEC 241/55 pretende congelar os investimentos nos serviços essenciais para a população por 20 anos e com isso, redirecionar tais recursos para grandes empresárias/os do sistema financeiro. Como reação a tais medidas de austeridade, estudantes e trabalhadoras/es em geral se organizam e as ocupações se espalham pelas universidades e escolas. No entanto, grupos conservadores se organizam para tentar impedir as ocupações e garantir o desenvolvimento do neoliberalismo no Brasil.

[São Paulo - SP] Ocupação Aqualtune ameaçada de reintegração de posse

Junho 07, 2019 - 08:08
0 comments
#OcupaçãoAqualtuneResiste

A ocupação Aqualtune resiste há mais de 3 anos no meio de um bairro elitizado, em Pinheiros. Além de ser a casa de famílias constituídas por crianças, idosos, mães solteiras e pessoas com problemas de saúde, a ocupação transformou um edifício que estava abandonado há 8 anos em um espaço cultural e educativo.

Lá são realizados eventos como saraus, peças de teatro e, desde o ano passado, existe no local um cursinho popular pré-universitário.

Pedimos ajuda para divulgar ao máximo essa situação alarmante e repassar essas informações pra contatos de mídia.

“Sabe como é, trabalhador de aplicativo não tem sindicato...”

Junho 18, 2019 - 13:46
Publicado em:
1 comments

“Essa greve aí? Isso não vai dar em nada! Pessoal tem é que trabalhar. Não muda nada, pessoal fala que vai parar aí quando você vê é só meia dúzia de gato pingado. E com a situação difícil que tá esse país, você acha mesmo que vai mudar alguma coisa? E tem outra, a gente não tem nem patrão pra reclamar, porque os donos mesmo da Uber não ficam no Brasil. Eu não acredito numa saída não. Sabe como é, trabalhador de aplicativo não tem sindicato, o negócio é trabalhar, não tem muita saída não. No grupo ninguém tá confiando muito nisso aí e é isso.

Páginas