Niterói-RJ: Ativistas fecham avenida em protesto contra a PEC 55 que retira direitos básicos da população

Niterói-RJ: Ativistas fecham avenida em protesto contra a PEC 55 que retira direitos básicos da população

Dezembro 13, 2016 - 09:04
Posted in:
0 comments

Nesta madrugado, dia 13 de dezembro, ativistas fecharam a Alameda São Boaventura em Niterói, no acesso à ponte Rio-Niterói, com uma barricada de pneus em chamas, em protesto contra a PEC 55 (antiga PEC 241) que congela por 20 anos os investimentos nos serviços mais básicos à população, como saúde, educação, previdência social e outros.

Uma das faixas estendidas durante a ação ainda fazia menção à campanha pela Libertação de Rafael Braga, preso em 2013 durante uma manifestação apenas por carregar uma garrafa de desinfetante e outra de água sanitária. Rafael se encontra preso até hoje.

Ativistas enviaram vídeos e fotos através do midiaindependente.org que mostra os pneus fechando as vias e dizeres em repúdio à PEC 55, publicados aqui.

 

A PEC 55

A justificativa para o corte é a necessidade de se pagar a dívida pública adquirida, entre outras, com as despesas da Copa, Olimpíadas e benefícios dados à grandes empresas privadas. As pessoas mais afetadas serão os mais pobres que necessitam dos serviços públicos e não têm condição de arcar com escolas e hospitais particulares. Por outro lado, os maiores beneficiados serão os bancos e empresas.

Leia mais sobre a PEC 55 e a reforma do Ensino Médio:

PEC 241 aprovada em primeiro turno gera revolta
À quem a reforma do ensino beneficia?
A PEC 241 e os movimentos conservadores anti-ocupação, o que há em comum entre eles?
PEC 241/55 aprovada em primeira sessão no senado gera revolta popular

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.