RJ: Rio e Niterói chamam ato contra o AUMENTO DAS PASSAGENS

RJ: Rio e Niterói chamam ato contra o AUMENTO DAS PASSAGENS

Janeiro 12, 2017 - 18:36
Publicado em:
0 comments

Movimento Passe Livre do Rio de Janeiro e Niterói e outros movimentos sociais convocam protestos contra os aumentos das passagens municipais, intermunicipais e o possível corte do bilhete ÚNICO que vem sendo pressionado pelas empresas de transporte público.

O Ato no Rio de Janeiro ocorrerá no dia 16 de janeiro, na Central do Brasil

O Ato de Niterói ocorrerá no dia 18 de janeiro, no Terminal de Ônibus da cidade

Abaixo segue os panfletos de divulgação dos dois movimentos.

Ontem foi anunciado o aumento de 6,99% mais R$ 0,27 nas passagens dos ônibus intermunicipais pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro que ocorrerá a partir deste sábado, dia 14 de janeiro.

Com isso, os ônibus intermunicipais que antes custavam R$ 7,40 passarão para R$ 8,20, como o caso de ônibus que ligam o Rio à Niterói, Rio à Nova Iguaçú ou Niterói à Maricá. Ônibus de Rio de Janeiro x Duque de Caxias passarão de R$ 4,90 para R$ 5,55. Os ônibus de R$ 7,10 como Rio x Nilópolis, passarão para R$ 7,75. Niterói x São Gonçalo passam de R$ 3,70 para R$ 4,25 e Rio de Janeiro x São Gonçalo passam de R$ 8,30 para R$ 9,15.

Este ano já houve o aumento do valor do Bilhete ÚNICO intermunicipal passando de R$6,50 para R$8,00. O aumento do trem para R$4,20 está programado para o dia 08 de fevereiro e as barcas também vão aumentar para R$5,90 em fevereiro.

Atualização: O estado do RJ anunciou um segundo aumento do Bilhete ÚNICO neste início de ano. Em fevereiro a tarifa do BU vai passar para R$8,55. Dois aumentos nos dois primeiros meses do ano.

As tarifas de ônibus municipais ainda não foram aumentadas. Segundo pronunciamento do Secretário de Transportes do atual governo municipal do Rio de Janeiro, por enquanto, não haverá aumento no valor dos ônibus e que a prefeitura fará uma conversa de negociação com as empresas. O Secretário denunciou em entrevista que é certo que as empresas estão faturando muito mais do que admitem e que o aumento da passagem diminui o número de passageiros, necessitando novos aumentos, como mostra o vídeo.

Os prefeitos de Niterói e São Gonçalo pronunciaram que ainda estão estudando o aumento da passagem. No entanto, vale lembrar que o atual prefeito de Niterói assinou um decreto que garante o aumento anual dos ônibus para todo mês de janeiro que vem sendo cumprido desde então.

Em 2013 o Tribunal de Contas do Município do Rio (TCM-RJ) determinou que a passagem dos ônibus deveria ser reduzida para R$ 2,50, baseado na planilha de custos fornecidos pelas próprias empresas. Vale lembrar ainda que não há nenhuma fiscalização na forma como esses cálculos são feitos, podendo significar, inclusive, que o valor da passagem deveria ser ainda menor. Apesar da determinação do TCM não houve redução e a passagem continuou sofrendo aumentos.

Leia mais sobre o aumento das passagens de 2017: Rio de Janeiro-RJ: MPL-Rio realiza mais um ato CONTRA O AUMENTO

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.