Paraty e Rio Claro-RJ: Colitur ataca movimentos que questionam seus serviços

Paraty e Rio Claro-RJ: Colitur ataca movimentos que questionam seus serviços

Janeiro 28, 2017 - 04:12
Posted in:
3 comments

A empresa Colitur, que vem despertando protesto contra o aumento das tarifas e contra os péssimos serviços prestados, tanto em Paraty como em Lídice, distrito de Rio Claro, está tentando atacar manifestantes.

Em Paraty, várias passageiras e passageiros relatam que houve um aumento na demora dos ônibus após os protestos que conseguiram bloquear o aumento de 40% no valor da tarifa, passando de  R$5,00 para R$7,00 na linha Paraty X Perequê. Alguns empregados da Colitur alegam que a desculpa da empresa é que, com dois ônibus incendiados no protesto em Barra Grande, em Paraty, a empresa está com desfalque, o que gera os atrasos. A ironia é que, mesmo antes, a Colitur já não cumpria os horários. No entanto, segundo a população, a empresa tem ônibus parados na garagem que poderiam melhorar o serviço. Segundo denúncias de usuárias/os, a Colitur estaria deslocando vários ônibus de sua garagem em Paraty para as de outros municípios com o objetivo de punir e culpar os protestos pela piora do serviço.

Em Lídice, a empresa abriu um processo contra 5 moradores e o "Movimento Basta Colitur" alegando que tais seriam líderes do movimento contra o aumento. No entanto, manifestantes vêm alegando que não há líderes no movimento e que os 5 não possuem papel determinante no desenrolar das manifestações. Segundo manifestantes, o objetivo é de intimidar e tentar desarticular as manifestações, para isso, a Colitur teria escolhido alguns indivíduos e em uma tentativa desesperada, culpando essas pessoas pelo levante dos protestos.

O processo, que leva também o nome do "Movimento Basta Colitur", deixa claro o desespero da empresa, uma vez que o "movimento" é amplo, não tem direções, e surgiu quase que de forma espontânea, tendo apenas concordância geral o repúdio ao serviço da Colitur e aos altíssimos preços das tarifas cobradas. Apesar disso, as manifestações em Lídice continuam e as/os manifestantes não parecem estarem se intimidando.

Há o consenso entre toda a população de que os serviços da Colitur não atendem os interesses dos seus usuários e vem agindo com desrespeito e descaso com a necessidade de locomoção. Manifestantes também questionam o posicionamento do poder público, que não vem cobrando uma posição objetiva da empresa. Os funcionários também sofrem com a qualidade dos ônibus, constantemente lotados, quentes pela falta de ar-condicionado e em más condições de conservação.

Segundo uma moradora: "Essa é a hora da população dizer basta de uma vez por todas! FORA COLITUR!"

Leia mais: Paraty-RJ: Moradoras e moradores INCENDEIAM ÔNIBUS e BARRAM O AUMENTO da linha Paraty X Perequê

Leia mais: Paraty-RJ: Moradoras e moradores se revoltam com o AUMENTO DAS TARIFAS intermunicipais

There are 3 Comments

Que vergonha... A empresa cobra valores absurdos e ainda quer ter o direito de processar?
Acho que a população tem que tirar logo todos os ônibus da empresa e a população mesmo administrar o transporte da cidade.... essas empresas só querem nos roubar...

FORA COLITUR.
FORA
FORA
FORA
FORA
FORA .
MIL VEZES FORA .

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.