Governo retira servidores estaduais e municipais da reforma da previdência

Governo retira servidores estaduais e municipais da reforma da previdência

Março 21, 2017 - 23:27
0 comments

O governo federal anunciou nesta noite, dia 21, que os(as) servidores(as) estaduais e municipais estarão de fora da reforma da previdência. O argumento usado pelo governo é de que pretende respeitar a autonomia dos estados, e deixará a cargo dos governos estaduais as respectivas reformas. As(os) servidoras(es) federais e do setor privado permanecem inclusas(os) na reforma do governo federal.

Parece não ser coincidência que o governo Temer, logo após grandes mobilizações nacionais envolvendo todas as classes de trabalhadores e trabalhadoras afetadas pela reforma, recue mesmo com a alegação de respeitar a federação. Pode haver nesta manobra uma intenção oculta de desmobilizar a luta contra a reforma, uma vez que os servidores e servidoras estaduais e municipais são uma das classes mais mobilizadas atualmente na luta contra o sucateamento da aposentaria.

O recuo do governo pode significar também um certo receio de uma iminente insurgência devido a ataques frequentes e intensos aos direitos trabalhistas. Um recuo seria necessário para freiar a revolta que se constrói nas ruas há algum tempo, mesmo antes do impeachment.

Leia também:

Rio de Janeiro - RJ: População se revolta contra reforma da previdência

Rio de Janeiro - RJ: Mulheres fazem aula pública e ocupam previdência social

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.