RJ: Terceirizadas/os de colégios estaduais trabalham sem receber

RJ: Terceirizadas/os de colégios estaduais trabalham sem receber

Abril 09, 2017 - 21:20
0 comments

Tendo seus salários atrasados nos meses iniciais do ano, funcionárias e funcionários terceirizados dos Colégios Estaduais do Estado do Rio de Janeiro trabalharam por 3 meses sem receber seus salários e vale refeições por negligência da empresa MASAN e do governo do estado. Durante estes meses receberam apenas o vale transporte que permitia a ida e volta do trabalho.

Nas semanas do terceiro mês sem receber, estas trabalhadoras e trabalhadores tomaram como forma de protesto a paralisação de suas atividades em alguns dias do mês. Como resultado dessa atitude de resistência, conseguiram uma reunião com a representação da empresa MASAN, para que fosse solucionada a situação. E nos dias posteriores conseguiram que fossem quitados todos os meses atrasados.

No dia 05, as trabalhadoras e trabalhadores realizaram uma assembleia junto ao sindicato e decidiram que caso a empresa não pague os salários de março até o dia 12 de abril, entrarão novamente em greve no dia 17 do mesmo mês. A assembleia também decidiu que irão se somar as trabalhadoras e trabalhadores das creches e EDIs do Município do Rio de Janeiro na assembleia que está marcada para o dia 20 de abril e que passam por situação semelhante.

A equipe da empresa MASAN, que é responsável pela alimentação e pela limpeza das unidades escolares, enfrenta hoje as consequências do atraso com acúmulo de contas e dívidas.

A empresa alega que o governo do estado não está cumprindo com o contrato e por isso não paga a estes funcionários. Esta mesma empresa já é alvo de denúncias anteriores por pagar salários abaixo do mínimo obrigatório no estado.

O sistema de terceirização possui tais fragilidades e beneficiam apenas empresários, pois representam uma maior flexibilização e exploração do trabalho. Empregos terceirizados pagam menores salários do que a mesma função em empregos tradicionais. Além disso as empresas de serviços terceirizados são recordistas da falta de respeito aos direitos trabalhistas.

Ao tomar conhecimento da situação das funcionárias e funcionários terceirizados do colégio, estudantes do Instituto de Educação Professor Ismael Coutinho (IEPIC) se mobilizaram para dar solidariedade as companheiras e companheiros e estão organizando uma campanha de solidariedade para arrecadação de alimentos que serão direcionados para as trabalhadoras/es.

Nas próximas semanas estarão recebendo doações de alimentos não perecíveis, para colaborar basta ir até o IEPIC que fica na: Travessa Manoel Continentino, 32 - São Domingos, Niterói - RJ, 24210-150. Ou entrar em contato pela página no Facebook: Iniciativa de Autogestão Estudantil - IEPIC que é gerenciada pelas(os) estudantes e marcar um ponto de encontro.

Ainda como forma de arrecadar doações está sendo organizado uma sessão para a exibição do filme Animais Fantásticos e Onde Habitam no dia 12 de Abril na Quarta-feira às 14:30 que será exibido no Auditório da unidade onde para a entrada está sendo pedido a colaboração de 1kg de alimento não perecível. O evento é aberto ao público externo.

Leia também: Rio de Janeiro-RJ: Estudantes da FAETEC protestam contra demissão de terceirizados

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.