Niterói-RJ: Secundaristas organizam atividade em solidariedade à terceirizados(as)

Niterói-RJ: Secundaristas organizam atividade em solidariedade à terceirizados(as)

Abril 14, 2017 - 13:49
Publicado em:
0 comments

Iniciativa de Autogestão Estudantil (IAE) realiza Cineclube para a arrecadação de alimentos para funcionárias e funcionários terceirizados do Instituto de Educação Professor Ismael Coutinho (IEPIC).

Durante a tarde de quarta-feira, dia 12, estudantes do Instituto de Educação Professor Ismael Coutinho (IEPIC) organizaram um Cineclube onde a entrada foi 1kg de alimento não perecível. Essa sessão do Cineclube fez parte de uma Campanha de Solidariedade mobilizada pelos estudantes em apoio aos trabalhadores e trabalhadoras terceirizadas do colégio que ficaram 3 meses sem receber seus salários.

Para saber mais sobre os/as terceirizados/as leia também: RJ: Terceirizadas/os de colégios estaduais trabalham sem receber

Essas mobilizações estão sendo feitas pela IAE (Iniciativa de Autogestão Estudantil), movimento construído pelos estudantes da escola. A Iniciativa foi uma forma que os secundaristas encontraram para se auto-organizarem de forma autônoma e horizontal, sem as burocracias que um grêmio exige.

A ideia vem sendo construída desde o fim do movimento de ocupação das escolas estaduais, com o término do OcupaIEPIC, como forma de manter ativa a mobilização estudantil.

Através da IAE, as(os) estudantes organizam atividades dentro da unidade escolar. A intenção é fomentar a auto-organização autônoma e horizontal, a fim de desenraizar do corpo estudantil a tendência do pensamento individualista e competitivo que é perpetuado pela estrutura alienante da escola. E com isso transformar o ambiente escolar a partir de uma perspectiva que vem de baixo pra cima, dando maior pertencimento àqueles que têm sido excluídos dos espaços de tomada de decisões.

A Iniciativa ainda conta com um segmento intitulado: "IAE, Chama as minas", formado por meninas que buscam a organização de um movimento feminista dentro do Instituto. Tendo realizado rodas de conversa sobre feminismo e ações para diminuir casos de machismo dentro da escola, além de intervenções e cine-debates focados nas mulheres.

A IAE não possui um corpo fixo de estudantes, portanto, todos(as) estudante do Instituto fazem parte, podendo organizar as atividades e construir as ideias que desejam. A Iniciativa ainda incentiva que estudantes de outras escolas se auto-organizem seguindo também os princípios de autonomia e horizontalidade. O propósito é que o movimento estudantil ganhe força novamente, com os estudantes tomando os espaços onde normalmente os excluem.

Para a difussão da ideia e das ações realizadas  pelos(as) estudantes no Instituto, está sendo a página no Facebook: Iniciativa de Autogestão Estudantil - IEPIC

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.