Rio de Janeiro – RJ: estudantes fazem protesto contra fim do RioCard

Rio de Janeiro – RJ: estudantes fazem protesto contra fim do RioCard

Maio 10, 2017 - 00:52
Publicado em:
0 comments

Na tarde desta segunda-feira, dia 8, estudantes de diversas escolas federais e estaduais realizaram um ato no centro da cidade contra o anúncio do governo do estado de que cortaria os RioCards intermunicipais. A manifestação ocorreu tranquila, e contou com a participação de centenas de estudantes, começando na Candelária e terminando próxima à ALERJ.

Da multidão, ouvia-se palavras de ordem pelo passe livre irrestrito e enaltecendo o movimento estudantil, que desde o ano passado, com a onda de ocupações, vem se organizando contra a perda de direitos e mostrando cada vez mais autonomia e combatividade.

A medida que gerou o protesto veio da Secretaria de Educação do governo do estado, que decretava o fim do RioCard intermunicipal, afetando diretamente os estudos de cerca de 27 mil estudantes, que dependem do passe livre para manter seus estudos. Uma campanha, iniciada nas redes sociais pelos próprios estudantes, mostrava a importância do direito. Alguns/as, com o cancelamento, não teriam mais como frequentar as aulas, e abandonariam os estudos. Outros, não sabiam como fazer para chegar ao colégio. Foram expostas situações em que a pessoa chega a gastar 56 reais diários apenas para estudar.

Um dia antes da manifestação, a defensoria pública apresentou uma liminar que barrou, momentaneamente, o cancelamento dos RioCards, porém não foi o bastante para parar a mobilização, uma vez que as/os estudantes acreditam que o Estado possa manobrar e voltar com a medida a qualquer momento. O ato aconteceu mesmo com a liminar.

Outro debate importante que surgiu de toda a situação foi quanto às passagens. Muitas pessoas gastam mais de 20 reais diários apenas em locomoção. Empresários chegaram a anunciar que queriam um aumento de 3,80 para 5,30, valor mais que absurdo, gerando gastos de 10,60 diários, que saíriam do salário curto do trabalhador para o bolso dos empresários de ônibus. A luta pelo passe livre não abrange apenas as/os estudantes, mas toda a classe trabalhadora.

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.