Rio de Janeiro-RJ: Unidades da rede de mercados Mundial paralisam

Rio de Janeiro-RJ: Unidades da rede de mercados Mundial paralisam

Novembro 11, 2017 - 21:37
Publicado em:
0 comments
  • Trabalhadores cruzam os braços contra descaso por parte dos patrões.
 

 

Empregados da rede de mercados Mundial decidiram por paralisar na terça-feira (7/11) contra medidas patronais que atacam os direitos trabalhistas dos seus funcionários. Dentre eles,corte de horas extras fixas, a falta de transparência nos descontos em contra-cheque e o fim do adicional de 100% nas horas trabalhadas em domingos e feriados.

As paralisações ocorrem no Mundial Da Freguesia (Ilha do Governador), Copacabana e o da Praça da Bandeira. O Globo insiste em dar razão ao patrão, este que na defensiva diz que "está a par dos direitos dos trabalhadores".

Os funcionários, vinculados ao sindicato dos comerciários(ligado à CTB) buscam uma negociação institucional usando do acolhimento burocrático para oter seus direitos garantidos. Importante é, porém, refletir sobre o histórico pelego das centrais sindicais existentes e a contradição entre o interesse partidário e o interesse da classe trabalhadora.

Tags: 

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.