Jornal Transversus: quase 30

Jornal Transversus: quase 30

Novembro 15, 2017 - 17:22
0 comments

O Transversus nº 29 (junho/2017) começou anunciando, logo no editorial, que está "sob nova direção, com o mesmo espírito". É que o jornal se aproximou oficialmente ao Centro de Estudos Socialistas dos Trabalhadores do Judiciário (CESTRAJU), entidade da qual já fazia parte a maioria dos colaboradores da publicação. O periódico surgiu em julho de 2009, unindo bancários e servidores públicos que enxergavam a necessidade de construir uma imprensa alternativa de esquerda democrática e plural que ligasse o debate cultural a discussões políticas. O lançamento foi no Sindjustiça (da categoria trabalhadora do Tribunal de Justiça-RJ), quando este ainda não tinha se transformado num sindicato-empresa, altamente burocratizado.

Hoje, adotada pelo CESTRAJU, a publicação se mantém independente e aberta a trabalhadoras/es de categorias diversas. Com a reestruturação, Transversus passou a ser semestral, mas, em compensação, aumentou de tamanho: são dezesseis páginas em formato tabloide, fora as oito que compõe seu encarte Correspondência Socialista.

Neste número 29 são abordados os futebolistas Ademir Vicente, Carlos Alberto Torres, Jorge Ceciliano e outros. Ainda há matérias no campo da música, tratando do Carnaval carioca de 2017, Almir Guineto, Belchior, Paulinho Moska e Chuck Berry. Alex Brasil, militante do Movimento Democrático de Luta (de trabalhadores do TJ-RJ), destaca-se com um interessante texto sobre a Greve Geral de 1917 no Brasil. W.B., integrante da tendência político-social Organização Popular (OP), participa com uma crônica intitulada "Cara Doido!", bem como com críticas aos romances Trópico de Câncer (de Henry Miller), Maçã Agreste (de Raimundo Carrero) e Um Cão Uivando para a Lua (de Antônio Torres). Fechando a edição, temos poemas de: Mônica Buarque, Moreno Pescador, Marco Dantas e Marco Trindade.

E fiquem de olho, pois ainda vem muita coisa por aí; afinal o número 30 já está quase saindo.

Contatos: transversus.cs@gmail.com.

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.