[Rio de Janeiro-RJ] Bloco da Ceguinha

Foto de OP
Enviado por OP em seg, 05/02/2018 - 21:52
Data: 
quarta-feira, 7 Fevereiro, 2018 - 18:00

 

O poeta, jornalista, escritor e compositor Manoel, o Audaz (falecido no dia 25 de dezembro último) será homenageado pelo Bloco da Ceguinha, neste carnaval. O serventuário aposentado compulsoriamente Manoel, o Audaz, era o compositor do bloco, assim como de outros.

Manuel Capa CD simplesRegistre-se: o Bloco da Ceguinha, em um assassinato cultural praticado pela atual diretoria do Sindjustiça (sindicato dos servidores do judiciário estadual), foi extinto em 2012, mas ressuscitado, no ano seguinte por ativistas da categoria. Hoje para que se custeie o bloco, são vendidas camisas com uma charge bem crítica na frente e o enredo nas costas. Ninguém é obrigado a comprar a camisa para participar, diferente de alguns lamentáveis blocos elitizados da Bahia por exemplo.

Neste ano de 2018, a camiseta tem o desenho de Carlos Zurck Cruz (ex-colaborador do Pasquim), companheiro da nossa colega Solange Silva, retratando o poeta, e a letra da música "Um brinde a Manoel, o Audaz", atrás. A música do bloco começa com a frase musical do poeta Audaz na sua impagável "Carnaval do Peru" (que ganharia fácil qualquer concurso na Fundição Progresso) e termina com a citação de outra composição do Manoel ("Aspirando a/à carreira) sacaneando o roqueiro Lobão, ícone "coxinha" que nosso poeta detestava. Também retrata muita coisa que é familiar à nossa categoria serventuária.

A música deste ano é a seguinte:

Um brinde a Manoel, o Audaz (Alex Brasil)

Um brinde a Manoel, o Audaz

Poeta mais perspicaz

Rufem os tambores

Soprem fortes os metais

Que a poesia não se renderá jamais

 

E agora meu poeta quem diria?

Ganhou com apoio da nossa categoria

Um sindicato com auxílio-moradia

Até o PMDB na sua diretoria

 

É, meu poeta,

Muita gente trambiqueira

Copiando o Lobão

Aspirando a carreira

 

Toda a turma trabalhadora está convidadíssima, seja do Tribunal de Justiça ou de outras categorias do serviço público, de instituiçãoes privadas, da informalidade ou a estudantada. Somos camaradas de alegrias e de lutas. A gente se vê por lá.

Bloco da Ceguinha – quarta-feira 07/02/18, 18 h, em frente ao Restaurante Xodó do Paço (Travessa do Paço, 14, Centro, RJ, perto da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e ao lado do Restaurante Pilograma, nos fundos da Igreja São José).

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.