Rio de Janeiro: Marcha Antifascista Termina em Atropelamento no Centro

Rio de Janeiro: Marcha Antifascista Termina em Atropelamento no Centro

Dezenas de pessoas se reúniram por volta das 17 horas nesta quarta-feira, 20, na Central do Brasil, para dar ínicio à marcha antifascista do Rio de Janeiro, atendendo ao chamado nacional. Entre as pautas dos manifestantes estava a posição contrária à intervenção militar e a revogação do aumento das passagens, aprovado recentemente na capital fluminense.

O evento começou com uma batalha do conhecimento, na qual MC's improvisaram sobre diversos temas, como o aumento das passagens, Rafael Braga, genocídio, machismo, homofobia, antifascismo, entre outros. Durante a roda cultural, diversas pessoas que transitavam pela Central do Brasil aproximaram-se do local e interagiram com a atividade.

Ao final da roda, foi lembrada a operação realizada pela Polícia Civil com apoio das Forças Armadas no mesmo dia, 20, no complexo da Maré, na qual um menino de 14 anos foi assassinado pelas forças policiais.

Por volta das 18 horas, os manifestantes saíram em marcha pela avenida Presidente Vargas, gritando palavras de ordem e distribuindo panfletos para pedestres que passavam por ali e para camelôs que trabalhavam na região.

Tudo transcorria pacificamente, até que um taxi, cuja placa foi identificada por fotos do coletivo Fotoguerrilha que serão postadas abaixo, furou o bloqueio dos manifestantes e atropelou um rapaz, que teve ferimentos no pé e foi encaminhado ao Hospital Souza Aguiar pelos próprios manifestantes. O ato manteve o bloqueio com as faixas por alguns minutos e logo encerrou para prestar socorro ao ativista ferido.

Vale ressaltar que no momento da agressão, havia uma pista liberada para passagem dos carros, e o táxi era o próximo a passar quando arrancou para cima dos manifestantes, atingindo o rapaz.

Apesar do desfecho triste, a marcha obteve apoio popular pelos locais em que passou, parando em alguns momentos para dialogar com pessoas que caminhavam por ali, mostrando a insatisfação popular com o fascismo crescente e com o aumento das passagens.

There is 1 Comment

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.