Manifestação contra a reforma da previdência lota o centro do Rio

Manifestação contra a reforma da previdência lota o centro do Rio

Março 24, 2019 - 21:03
0 comments

Na última sexta-feira, dia 22 de março, milhares de pessoas tomaram a Candelária, no centro da cidade, por volta das 16 horas, e caminharam até a Central do Brasil em um protesto contra a reforma da previdência, que vem gerando revolta desde o governo Temer e Jair Bolsonaro manifestou a intenção de aprovar.

A manifestação contou com a presença de milhares de pessoas, e fechou uma das quatro vias da avenida Presidente Vargas, ganhando apoio de pessoas que trabalhavam pelo centro enquanto o ato passava. O protesto se encerrou por volta das 19 horas, na Central do Brasil, de forma pacífica. A Polícia acompanhou o ato de longe, porém no final da passeata houve uma tensão após alguns policiais montarem um bloqueio impedindo a passagem da manifestação.

A reforma da previdência

A reforma que tanto gerou revolta na população visa aumentar o tempo mínimo de contribuição do cidadão para que seja possível se aposentar. A reforma vem sendo forçada desde o governo Temer, e Bolsonaro já sinalizou apoio à medida, porém, por ser uma política polêmica e que encontra muita resitência entre os trabalhadores, a classe política vem encontrando dificuldades para aprová-la.

Leia mais sobre a reforma

Ataque na Aldeia Marakana

Enquanto ocorria o ato, e grande parte dos apoiadores da causa da aldeia Marakana se encontrava na mobilização, Rodrigo Amorim foi até a aldeia com alguns policiais à paisana, segundo denúncia dos residentes, tentar invadir o local.

Os mesmos foram expulsos pelos habitantes da aldeia, e foi convocada uma vigília de emergência contra um novo possível ataque de forças do Estado.

 

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.