Há várias pessoas feridas e as famílias não tem para onde ir. Não há ainda um local para onde leva-las. São vários os relatos de extrema violência durante a ação policial e muitos afirmam haver mais mortos, porém o Secretário Nacional de Direitos Humanos, Nilmário Miranda, afirma que só tem conhecimento de duas mortes.