a torcida "Ultras Resistencia Coral", (site:  http://geocities.yahoo.com.br/resistenciacoral/ )é uma torcida de extrema esquerda cearense, aglutinando torcedores do Ferroviário Atlético Clube, que defende nos estádios uma visão classista, combatendo a idéia de que os trabalhadores e o povo pobre em geral deva brigar entre si por causa de preferências futebolísticas...

A Resistência Coral prega a união dos trabalhadores e do povo pobre, seja qual for o time que torçam, para enfrentar o sistema. Essa visão é sintetizada na sua faixa, levada aos estádios em todos os jogos do Ferroviário: "Nem guerra entre torcidas, nem paz entre classes".

A torcida, desde o começo desde ano de 2006, vem sofrendo perseguições, que não ocorriam no ano passado. Em um jogo do campeonato cearense, a sua faixa foi censurada pela administração do estádio Presidente Vargas (o P.V.)

No último domingo, dia 22 de janeiro, no clássico entre Fortaleza e Ferroviário pelo campeonato cearense, nova repressão, desta vez mais contundente. A faixa da torcida, que tinha o símbolo da FOICE E MARTELO como adereço, foi rasgada pela polícia com um punhal, bem em cima do referido símbolo comunista. O comandante da Tropa de Choque avisou que "não permitirá mais referências ao comunismo nas laterais do campo"


Trata-se de uma medida totalmente arbitrária e ILEGAL, caracterizando o retorno da censura política no Brasil.

Parece que aos donos do poder incomoda uma torcida que diz aos trabalhadores que frequentam estádios de futebol que devems e unir, ao invés de brigar entre si. Fica claro que a burguesia prefere as "gangues" que brigam e se matam por causa de preferências de time. Ver a juventude pobre da periferia se matando é muito mais agradável para a burguesia, que sempre utilizou a tática do "dividir para reinar" (tática utilizada por exemplo pelos imperialistas no Oriente Médio, dividindo a nação árabe em uma série de Estados, para poder mais facilmente manter sua dominação).

Mais informações sobre "Ultras Resistência Coral":
 http://geocities.yahoo.com.br/resistenciacoral/

Por favor, divulguem esses fatos o máximo possível...