Na quinta feira dia 21 ocorreu o sexto ato da FLCA, foi sem dúvida o ato menos divulgado desde o começo da luta, em parte por conta de um desgaste dos militantes que antes estavam a frente das mobilizações, em parte porque é quase natal, em parte porque o período de férias dificulta rodar panfletos. Ocorre que as pessoas não mais tem ânimo de lutar contra o aumento, boa parte dos militantes acham que esta luta já deu o que tinha que dar.
Este esvaziamento de pessoas da espaço para o crescimento de oportunistas como o PCO que leva sempre um número gigantesco de bandeiras no ato, e tenta descaradamente aparelhar o carro de som que fizeram questão de levar. A presença do carro de som fez com que vários dos elementos mais animados na luta não participassem da mesma forma, o ato não contou com a bateria e o exército de palhaços compareceu com apenas 6 palhaços.
Em oposição a este desânimo os panfletos do MPL foram distribuídos em larga escala, a demanda era constante quer de militantes do mpl quer de pessoas que nem sequer conhecíamos; com isto conseguimos divulgar a concepção de um transporte públco de verdade a serviço da população.
Agora faz-se necessário manter nossas ações de baixa intensidade para manter o tema em pauta na sociedade e voltar a fazer trabalhos em comunidades para agregar mais pessoas na luta.
A luta continua.