Após assembléia no Instituto de Geociências da UFMG, às 12 horas, alunos de diversos cursos decidem por invadir a reitoria da universidade. A partir das 18 horas 300 estudantes lotam o auditório da reitoria e junto às seguintes autoridades fizeram uma longa discussão: Ronaldo Pena (reitor),Heloisa Starling (vice-reitora), Cristina Augustin (diretora do IGC) Tânia Dussin (vice-diretora do IGC). Pouco esclarecedora por parte das autoridades e possivelmente diversificada demais em relaçâo às revindidicações, muitas vezes vezes fugindo da palta inicial, mas geralmente de explicitação de um viés político. Isso por parte dos alunos que falavam e especilmente do componentes da mesa. Após assembléia dos alunos, vota-se para permanecer no prédio. Comissôes estão sendo criadas e "leis" ao movimento também. Não se pode nem beber e nem usar nenhum tipo de droga no espaço interno invadido. Cabe lembrar porque isso tudo começou?