Sexta-feira, 21 de maio: O dia em que 1964 voltou a Floripa.
Repressão brutal aos manifestantes.

Pessoal, a todos aqueles que ainda não se envolveram na luta contra o terrível sistema de transporte de Florianópolis instituído por empresários e prefeitura ... a repressão na sexta-feira (21 de maio) alcançou novos patamares.
Com um número pequeno de manifestantes (entre 100 e 200), os policiais inicialmente não acreditaram no potencial do protesto e evitaram a repressão aberta nos primeiros momentos. Mas assim que os manifestantes fecharam a Mauro Ramos, os policiais não tendo acompanhado a marcha, chegaram de viatura e decidiram reprimi-la de maneira inédita: tentar atropelar os manifestantes.
Jogavam as viaturas em cima dos manifestantes1, saiam do carro, xingavam, choques e cacetadas. Sobrou até para a mídia burguesa ... que teve um jornalista da RBS agredido, sua camisa rasgada e levado preso2.
Com os estudantes passou o mesmo, com uma novidade: passaram a prender arbitrariamente e a cobrar fianças de 400 reais para quebrar a coragem dos estudantes, para inviabilizar o movimento ...3
Nesse show de selvageria, não faltou policiais do GRT chamando os estudantes para a porrada e até o tenente coronel Newton Ramlow xingando manifestantes de "filho da puta", as manifestantes de "vagabundas" e desafiando a que contestassem suas palavras (os estudantes, revoltados, pouco puderam fazer, pois seriam agredidos e presos).
A passeata, num legítimo cenário de ditadura, dirigiu-se ao final (rumo ao TICEN) com uma correria pelo antigo terminal urbano de Florianópolis, com a polícia no encalço dos manifestantes, xingando, agredindo e detendo.
Entretanto, o ato foi vitorioso. Contando com a imprevisibilidade, os manifestantes (em pequeno número) esbanjaram determinação e conseguiram fechar ruas importantes além de forçar a polícia a demonstrar seus métodos fascistas.
A mídia burguesa abordou timidamente o ocorrido nos seus grandes canais (televisão e jornal) e numa atitude surreal resolveu mostrar o que, segundo eles, ocorre de extraordinário nos terminais: um show de beleza! Os terminais não estariam sendo palco de uma revolta popular contra o sistema de transporte mas lugar de um desfile cotidiano de beldades. Para demonstrar isso a RBS resolveu iniciar um concurso para eleger a usuário do transporte mais bonita. Afinal de contas, segundo eles: ?Esse terminal é uma passarela?4.

Notas:
1- O vídeo não consegue passar uma boa noção do ocorrido, mas na ausência de material melhor ?:  http://www.youtube.com/watch?v=hhbyVJ_DX2U&feature=related
2-  http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=2&local=18&section=Geral&newsID=a2912336.xml
3-  http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=2&local=18&section=Geral&newsID=a2913057.xml
4-  http://wp.clicrbs.com.br/rbstvmais/2010/05/22/esse-terminal-e-uma-passarela/?topo=48,2,18,,,48