Pois a dor, a raiva e a dignidade rebelde pararam o México e se espalharam por todo o mundo. Nesse ano, comitivas de familiares e colegas dos 43 têm percorrido diversos países em caravanas, com o intuito de fazer ecoar internacionalmente seu grito, compartilhar experiências de luta e de criar laços de solidariedade entre aqueles que se levantam contra os de cima.

A Caravana 43 América do Sul já passou por cidades na Argentina e no Uruguai e chega em São Paulo na primeira semana de junho, para depois passar por Porto Alegre e Rio de Janeiro. Participe, divulgue; se lá e cá o Estado prende, desaparece e oprime os de baixo, também a nossa resistência não tem fronteiras.

No están solos!

PROGRAMAÇÃO DA CARAVANA 43 EM SÃO PAULO

2 de junho (terça), às 14h - Coletiva de imprensa com os familiares Kiwi Cia de Teatro: Rua Frederico Abranches, 189 - Santa Cecília

2 de junho (terça), às 19h - Debate público - Caravana 43: familiares de Ayotzinapa, Mães de Maio e suas resistências Quadra dos bancários: rua Tabatinguera, 192 - Sé. Link para o evento no Facebook

3 de junho (quarta), às 20h - Ayotzinapa somos todxs - Sarau do Binho com outros saraus Espaço Clariô: Rua Santa Luzia, 96 - Taboão da Serra.Link para o evento no Facebook