Segundo a Agência Brasil de 10/11: ? (...) Cedae descarta risco de falta de água na região metropolitana do Rio...A Companhia Estadual de Águas e Esgoto (Cedae) informou hoje (10) que não há risco de falta de água na região metropolitana do Rio de Janeiro, apesar da estiagem que provocou a queda do nível dos reservatórios do Rio Paraíba do Sul.

Na quarta-feira (5), a Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) enviou à Agência Nacional de Águas (ANA) um ofício no qual mostra a preocupação com o abastecimento das regiões atendidas pelo rio, entre elas a metropolitana... O que existe são algumas regiões do estado, abastecidas por mananciais locais, que podem ter o abastecimento prejudicado se não chover nos próximos 30 dias, que é um fenômeno comum em períodos de estiagem?.

Já São Paulo está faltando água, apesar do ridículo prêmio hídrico recebido pelo governador Geraldo Alckmin, em baixo de vaia. Aliás, esse prêmio é uma afronta aos paulistas sem água! Não adianta engavetar os documentos da Sabesp por 25 anos, pois as torneiras secas já mostram a que veio o Alckmin!
Já o governo do PT, no nordeste para combater a seca, instalou milhões de cisternas para captar água da chuva. Não por acaso o nordeste é a região que mais cresce no país!

Segundo Beto Macário/UOL: ?. (..) Existe uma cisterna em frente ou ao lado de quase toda casa no interior do Nordeste. Esse tipo de reservatório coberto, feito de placas de cimento ou de plástico, é ligado à calha do telhado da casa por meio de tubos e é usado para captar água da chuva. Nos últimos 12 anos, foram instaladas mais de 1,1 milhão de cisternas no semiárido brasileiro, segundo o MDS (Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome)?.

Sem contar que está terminando a obra da transposição do Rio São Francisco que estava no papel há cerca de um século, e no governo do PT foi posto em execução. Segundo o Diário de Pernambuco de 11/08/15: ?( ..) O final da obra está previsto para 2017...Os dois eixos do Projeto de Integração do Rio São Francisco tem 477 quilômetros de extensão, sendo 260 quilômetros no Eixo Norte e 217 quilômetros no Eixo Leste. A obra está com um total de 76,7% de execução, segundo o ministério, a previsão de chegar a 78% neste mês. Do orçamento total de R$ 8,2 bilhões, mais de R$ 6,5 bilhões já foram aplicados, sendo R$ 1 bilhão liberado somente neste ano pela pasta (...)?, Não é à toa que a região Nordeste cresceu 3,7% em 2014 e é a que mais cresce no país.

O fenômeno da seca do Nordeste, que levou milhões de nordestinos a migrar para São Paulo, está sendo superado. A melhora no abastecimento de água e o alto crescimento do PIB da Região podem levar os nordestinos de volta à região de origem.

A mídia, e principalmente o Globo, que esconde a falta d?água de São Paulo, contribuiu, com sua omissão, pela reeleição do governador Geraldo Alckmin em primeiro turno. Aliás, continuam omitindo para poupar o PSDB, que representa, juntamente com a Globo, as classes abastadas deste país e não admitem mudanças que favorecem o povo.
Agora a Globo e o PSDB, juntos, trabalham pelo impeachment de Dilma do PT, e não é a toa que o nordeste responde na própria Globo: ?Impitman é meu zovo! ?.

Rio de Janeiro, 23 de outubro de 2015
OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).

 http://emanuelcancella.blogspot.com.