Diziam que as coisas estão erradas porque em vez dos cidadãos andarem armados, quem anda armados são os bandidos.

Como eles me olhavam de soslaio, certamente porque sou negro e pobre e, ainda por cima, quase sempre ando de roupa preta, pois curto rock, metal, reggae e blues, eu planejei amarrar o burro no rabo dos donos. Então eu os interrompi com a seguinte pergunta:

Os Senhores acham que armas são o problema ou a solução?

Se eles respondessem que armas são o problema, eles seriam incoerentes, pois queriam levar um problema prá dentro de casa. Se eles respondessem que armas são a solução, eles estariam complicados da mesma forma, porque acham que têm o direito andar armados mas negam aos bandidos esse direito.

Eles se embaraçaram. Um deles disse que armas eram o problema. O outro disse que armas eram a solução. E eu, como chegou no meu ponto de desembarque, cai fora. Enquanto os demais passageiros ficaram sorrindo da cara deles.

É claro que armas são um problema. Mas já que a burguesia anda armada e tem a força policial e as forças armadas ao seu favor, se a população trabalhadora andar desarmada, o problema aumenta em vez de diminuir. Mas aqueles Senhores não tiveram inteligência para dar essa resposta.