O Juiz Jateiro Sérgio Moro, que é moroso quando se trata de processar e punir tucanos e celeríssimo quando se trata de denegrir a imagem da petrobrás, abrindo, assim, brecha para as petroleiras internacionais abofelarem o pré-sal, e super-célere para condenar petistas, putas, pretos e pobres, disse há poucos dias que a delação premiada apanhou bastante peixe. Entretanto o referido juiz se esqueceu de mencionar que as delações premiadas da lava-jato só apanham bagres, sendo suas malhas rompidas pelos tubarões. Na verdade, as delações premiadas são um negócio da China para os chefes das quadrilhas, pois o dinheiro sujo do crime dos chefes geralmente sai lavado e suas penas são mínimas comparadas com o número de crimes que praticaram.

As delações premiadas são uma espécie de negociata do poder público com o crime organizado e um atestado de impotência, ineficiência e incompetência do poder público e uma prova do poder, da eficiência e competência do crime organizado. Em suma, a delação premiada é uma vergonha.