O "Esquenta" do golpismo foi contraproducente: o tiro dos golpistas saiu pela culatra, arrefecendo de vez o movimento golpista. Nas estimativas da PM, que são super-avaliadas, o número de participantes é ridículo. O número de participantes das manifestações é rídiculo até nas estimativas dos Organizadores, que são hiper-super-estimadas. Em Brasília, a PM estimou 6 mil participantes, enquanto os Organizadores estimaram em 30 mil. Se as estimativas da PM são ridículas quando comparadas às estimativas do Datafolha, as quais, por sua vez, são ridículas quando comparadas com as estimativas dos Anti-Golpistas, as estimativas dos Organizadores são hiper-ridículas.

Um comentarista do Jornal o Globo, de nome José Ribeiro, afirmou:
"Parece que o impeachment não está empolgando o povo. Achei que teria muito mais gente."

O que significa esse fracasso do golpismo?

Significa que o povo tem certeza de que o principal problema é econômico, e não político, e que, portanto, não adianta mudar as moscas mas deixar a merda burguesa-capitalista intacta.

Sem o apoio da população, só restam duas saídas aos golpistas: Dar o golpe parlamentar à revelia da população ou fazer com a Dilma como fizeram com o Salvador Allende e com o João Goulart e submergir o Brasil nas trevas plúmbeas mais uma vez, como fizeram de 64 a 85 do século passado.

A população sabe que o problema não é a Dilma, é o capitalismo, e que a solução não são os militares, pois eles são parte do problema. A população sabe que a solução é a democracia direta e a auto-gestão.

Coxinhas, recolham-se às suas insignificâncias e respeitem a soberania popular.