número representa uma queda de 70,2% em relação aos 135 mil de agosto passado; em Brasília, a queda foi ainda mais acentuada: 72%; em Curitiba, o recuo foi de 84%; no Rio de Janeiro, de 95%; reação da sociedade organizada à tentativa de golpe capitaneada pelo PSDB e pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), investigado por corrupção e lavagem de dinheiro, pesou nos números; sem povo nas ruas, o impeachment da presidente Dilma Rousseff tende a naufragar
13 DE DEZEMBRO DE 2015 ÀS 18:54


247 ? Os números do Datafolha atestam que os protestos deste domingo, que coincidiu com o aniversário do AI-5, foram um fracasso.

Em São Paulo, o ato reuniu 40.300 manifestantes, o que representa um recuou de 70,2% em relação aos 135 mil manifestantes de agosto passado.

Em outras cidades, a queda foi ainda mais acentuada; em Brasília (7 mil manifestantes) e Curitiba (10 mil pessoas), por exemplo, o recuo foi de 72% e 84%, respectivamente.

No Rio de Janeiro, o volume de manifestantes em Copacabana caiu 95%.

Reação da sociedade organizada à tentativa de golpe capitaneada pelo PSDB e pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), investigado por corrupção e lavagem de dinheiro, pesou nos números.

Já se manifestaram contra o golpe artistas, intelectuais, professores, reitores de universidades, juristas, 16 governadores e entidades como a UNE, a CUT, o MST e a OAB.

Sem povo nas ruas, o impeachment da presidente Dilma Rousseff tende a naufragar.

Neste domingo, a principal hashtag do Twitter foi #NaoVaiTerGolpe.