Entre o final de Novembro e o ínicio do mês de Dezembro, 2 árvores centenárias foram derrubadas na praça em frente a igreja Nossa senhora dos Remédios, a mando da prefeitura de Osasco-SP.

Bem como, em agosto de 2015, os braços armados do governo, também assassinaram mais de 20 pessoas na mesma noite, nas regiões de Osasco, Barueri, Carapicuiba e Itapevi. Todas as pessoas assassinadas viviam entre as favelas e bairros afastados do centro desses estados fascistas.

Em resposta a esses assassinatos, ensinamos o caminho para que nosso fogo chegasse a uma das veias que mantêm esse sistema opressor vivo, mesmo sabendo que isso não trará de volta as árvores que resisitiam ao concreto dessa civilização doentia, bem como, não trará de volta a vida dessas pessoas, vitímas desse genocídio causado por esses nazistas, assumimos e reivindicamos o ataque incendiário contra a agência do Banco Bradesco, situado na Avenida São José, altura do número 924 - (OSASCO-SP), ocorrido na madrugada do dia 16/12.

Somos a geração do fogo, os pobres e famintos que tentaram passar a borracha na história. Nossa guerrilha urbana, surge da necessidade de seguir em frente o que um dia começaram. Em nome de todo sangue anarquista derramado, em nome de todas as noites atrás das grades, não teremos medo das consequências de nossos atos, pois já estamos fartos de viver com medo, daqui em diante, seguiremos como lobos, mostrando os dentes aos nossos inimigos!!!
Seare
Nós estamos dando continuídade ao chamado internacional #DEZEMBRONEGRO15, com a memória negra dos nossos mortos e em cumplicidade solidária com nossos companheiros sequestrados, aprisionados e fugitivos.

Nenhum passo atrás, avante companheiros combativos de todo o mundo!


Movimento Insurgente Anarquista - Célula Marie Mason