Mídia
A mídia brasileira, além de sonegadora e manipuladora, funciona como um partido político conspirando, o tempo todo, pela queda do governo federal. Vale sempre lembrar que a Globo é sonegadora do Imposto de Renda da Copa do mundo de 2002; e junto com Band, Folha, Editora Abril, responsável pela revista Veja, grupo RBS, etc, possuem conta na suíça para lavagem de dinheiro, burlando a Receita Federal.
Ontem, 18, assistimos no Jornal Nacional da Globo a mais um lamentável vazamento do depoimento do ex-presidente Lula, ouvido como informante na Lava Jato. Apesar das críticas aos reiterados vazamentos ilegais da Lava Jato para a Globo e até para banqueiro, eles continuam. Cadê a justiça para interpelar a Globo e a Lava Jato pelos vazamentos?

STF
Agora o STF quebra o sigilo bancário e telefônico do presidente do Senado, Renan Calheiros. Seria uma retaliação por conta de Renan estar contra a tentativa de golpe armado pela mídia, PSDB, Eduardo Cunha, Michel Temer e Gilmar Mendes? Por que não quebram o sigilo dos senadores tucanos Aécio Neves, Antonio Anastasia e FHC, todos citados em delação premiada na Lava Jato? Aliás, poderiam quebrar também o sigilo do vice-presidente Michel Temer, que também foi citado com provável recebedor de propina.

Lula e FHC
Se o lava Jato pediu para ouvir Lula por que não convocar Fernando Henrique Cardoso, cujo governo foi citado em delação na operação lava Jato? Com o agravante de que FHC escreveu em seu livro ?Diários da Presidência? que havia corrupção na Petrobrás em seu governo.

Depufede
Fica aqui o protesto de um cidadão indignado com a permanência do deputado Eduardo Cunha na presidência da Câmara dos deputados! Cadê a agilidade, o vigor, a celeridade dos senhores juízes, procuradores, delegados e policiais federais? O Brasil, que finalmente prende corruptos e corruptores, banqueiros, senadores, grandes empresários vão sucumbir diante daquele que Stanislau Ponte Preta chamava de ?Depufede?. Estão com medo ou protegendo Cunha?


A Fiesp sempre subestimando a nossa inteligência

A Fiesp, presidida por Paulo Skaf, do PMDB, pede a saída da presidente Dilma. A entidade levou para a manifestação contra Dilma um pato gigante com o lema ?não vou pagar o pato?. Ridícula a postura do senhor Skaf, que é do PMDB, principal partido aliado do governo Dilma. Eles pensam que todos os brasileiros são idiotas, e não sabem que são os empresários e banqueiros os principais sonegadores de impostos no país, basta consultar a lista da Receita Federal. Ninguém quer que os empresários paguem o pato, só queremos que paguem os impostos que sonegam. Nos primeiros três meses deste ano, o ?Sonegômetro? mostra a evasão de R$ 105 bi. O Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional estima que o valor sonegado, somente no ano passado, seria suficiente para que o caixa do governo federal fechasse no azul, sem precisar cortar investimentos, aumentar impostos e elevar taxas de juros. O presidente da entidade, o procurador da Fazenda, Heráclio Camargo, disse que os 80% de sonegações estão diretamente envolvidos com a lavagem.

Rio de Janeiro, 19 de dezembro de 2015

OAB/RJ 75 300

Emanuel Cancella é coordenador do Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro (Sindipetro-RJ) e da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP).
OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

 http://emanuelcancella.blogspot.com.