Antes de participar de uma ação, o ativista deve saber que pessoas com asma, com problemas respiratórios ou infecciosos, mulheres grávidas, mulheres que pretendem engravidar, qualquer pessoa doente ou com o sistema imunológico baixo, pessoas com infecção nos olhos, usuários de lentes de contato e crianças, não devem se expor ao risco de contaminação por agentes químicos (gás lacrimogêneo e gás pimenta). Para essas pessoas os agentes químicos podem ser fatais.

Para se proteger do gás de pimenta, o método mais efetivo e mais barato são óculos de natação e bandanas. O gás pimenta atua junto às mucosas dos olhos e da boca, causando irritação e ardência. Um simples bloqueio do gás, impedindo que ele entre em contato com essas partes do corpo costuma ser eficiente. Use óculos de natação justos que não deixem frestas. As bandanas devem ser usadas cobrindo a boca. Lembre-se que se o gás entrar dentro dos óculos, o efeito pode ser aumentado porque o gás ficará preso.

Para se proteger do gás lacrimogêneo, a melhor alternativa são as máscaras de gás. Ao contrário do gás de pimenta, normalmente utilizado na forma de spray, o gás lacrimogêneo é utilizado na forma de bombas que são arremessadas e depois soltam o gás. Em contato com o sistema respiratório, o gás provoca ardência e náusea. Máscaras de gás são encontradas em lojas de materiais de construção e devem vir acompanhadas de filtro para gases orgânicos. A máscara deve ser regulada justa para que os químicos não entrem. Se a máscara for uma opção cara (custa em média R$ 17,00), uma alternativa razoável é o uso de bandanas ou lenços embebidos em vinagre. Use-o junto à boca e nariz e respire através dele. O vinagre não anula o efeito do gás lacrimogêneo, mas minimiza seus efeitos. Em qualquer caso, não use cremes, maquiagem ou qualquer tipo de produto químico na pele. Alguns desses produtos reagem com o gás lacrimogêneo e o prendem à pele. Lentes de contato também absorvem os químicos.

Além disso, o ativista deve usar roupas que cubram a maior parte do corpo e impeçam que o gás entre em contato com a pele. A exposição ao gás lacrimogêneo contamina a roupa da vítima. Se você foi exposto a grande quantidade desse gás, você deve assim que possível, trocar sua roupa por uma muda nova (durante as ações, sempre leve uma muda nova na mochila). Se você não tiver uma muda à mão, saia da área contaminada pelo gás e caminhe por alguns minutos com os braços abertos para que o ar puro o descontamine. Lembre-se que a roupa contaminada deve ser descartada (uma muda de roupa no quarto pode contaminar todo o ambiente). Uma opção para isso são os macacões brancos, que além do significado político (representam a desobediência civil não violenta) protegem a roupa dos gases. Os macacões (vendidos para proteger a roupa de pintores de parede) se encontram também em lojas de material de construção.