Niterói-RJ: Mais uma edição da 'Operação Mais Pão Menos Opressão' na Praça Araribóia

Niterói-RJ: Mais uma edição da 'Operação Mais Pão Menos Opressão' na Praça Araribóia

Agosto 23, 2016 - 22:03
Publicado em:
0 comments

Neste domingo, dia 21 de agosto, mesmo dia do encerramento das Olimpíadas Rio 2016, que tanto oprimiu a classe mais pobre no Rio de Janeiro, que tanto reprimiu atos políticos, que foi usada como justificativa para uma "higienização social" na cidade, ativistas se reúniram no centro de Niterói para um encerramento digno.

A Operação Mais Pão Menos Opressão acontece algumas vezes ao ano e consiste em um encontro de ativistas com o propósito de solidariedade com pessoas em situação de rua no centro da cidade. São pedidas doações de roupas para todos os gêneros e tamanhos, e são servidas quentinhas para os moradores de rua.

Neste domingo, a ação aconteceu na estátua da praça Araribóia, no centro de Niterói-RJ. Diversos moradores de rua da região apareceram no evento e receberam roupas e quentinhas.

"Nós somos um grupo de pessoas que se junta de 2 a 3 vezes por ano com o intuito de levar comida, roupa e não só isso, levar também carinho e aconchego para os moradores de rua, a galera que é bem excluída e muitas vezes não tem acesso a uma refeição. Esse é o intuito principal da operação[...] Mesmo às vezes tendo poucas doações, é importante manter essa ação, pois essas pessoas merecem isso, merecem que olhem para eles, já que a sociedade fecha os olhos e finge que eles não existem. Por isso não cogitamos desistir. Se nas operações futuras houvesse mais divulgação, mais apoio, seria ideal." - Disse uma das ativistas envolvidas na operação.

Essa foi a décima edição da Operação Mais Pão Menos Opressão no centro de Niterói, sempre reunindo-se próximo às barcas. Nesta edição houve adesão de estudantes envolvidos nas ocupações de escolas em Niterói, que marcaram presença na ação.

A campanha se organiza de forma horizontal e autogestionada, e os eventos são divulgados pelo Facebook. Não são aceitas doações em dinheiro, nem provenientes de igrejas ou de partidos políticos. O projeto não tem fins lucrativos e é apenas uma mobilização para levar solidariedade aos moradores de rua.

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.