Rio de Janeiro-RJ: Nova Parada LGBT - Sem meias palavras

Rio de Janeiro-RJ: Nova Parada LGBT - Sem meias palavras

Outubro 12, 2014 - 00:00
Publicado em:
0 comments

Estivemos neste domingo (12/10) na Nova Parada LGBT do RJ, na praia de Copacabana. Confira a galeria de fotos e leia o Manifesto.

ϟ MANIFESTO DA NOVA PARADA LGBT ϟ

Em 2014, a Parada Gay seria realizada em pleno período de eleições presidenciais (!!!), mas um suposto "atraso no recebimento de verbas" pela organização adiou o evento para novembro.

Certos de que que não é necessário ter DINHEIRO para exigir DIREITOS, munidos de uma bicicleta de som e nossos próprios corpos, convocamos todos e todas para construir a I Nova Parada LGBT.

Exigimos que os dois candidatos à presidência se posicionem abertamente sobre os seguintes temas, sem meias palavras:

1 - Criação de uma lei que regule o Casamento Civil Igualitário. #SemMeiasPalavras
2 - Criminalização da homofobia com penas socioeducativas para agressões verbais e atos discriminatórios, e agravamento de pena para crimes de lesão corporal e homicídio. #SemMeiasPalavras.
3 - Legalização do Aborto: plena independência das mulheres para não parir (no SUS), ou parir onde quiser e como quiser (parto em casa). #SemMeiasPalavras
4 - Distribuição de material educativo para prevenção do HIV, da homofobia e da violência contra a mulher em todas as escolas do Brasil. #SemMeiasPalavras.
5 - Programa Mais Trans: criação de política pública de promoção de qualidade de vida para travestis e transexuais, como aprovação da Lei João Nery. #SemMeiasPalavras.
6 - Libertação imediata dos mamilos femininos: peito de fora não é ato obsceno. #SemMeiasPalavras.
7 - Reforma tributária religiosa: tributação fiscal de toda instituição religiosa. #SemMeiasPalavras.
8 - Plena igualdade e mais facilidade para casais hetero ou homossexuais no processo de adoção, pelo direito das crianças de terem uma família. #SemMeiasPalavras.

Um momento de encontro e expressão de pessoas gays, lésbicas, transexuais, travestis, bissexuais, pansexuais, heterossexuais, feministas, afeminadas, caminhoneiras e todos os desviados que não aceitam mais a Ditadura do Normal.

Estavam presentes e assinam o manifesto:
- Pink Bloc e Glitterterrorismo
- Ditadura Gay
- Jihad Passiva
- Brigada Sapatão
- V de Viadão
- Ocupa Lapa
- Reage Artista
- Drag Attack
- Bear Nation
- Carnavandalirização
- Grupo Barthes PUC-Rio
- Centro de Teatro do Oprimido
- Eleganza Extravaganza
- Insurgência Babadeira
- PUC-Rio Queers
- Planta na Mente
- Articulação de Mulheres Brasileiras

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de sites e e-mails serão transformados em links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são gerados automaticamente.