Mais populares

Mais populares

Niterói-RJ: Ativistas fecham avenida em protesto contra a PEC 55 que retira direitos básicos da população

Dezembro 13, 2016 - 09:04
Posted in:
0 comments

Nesta madrugado, dia 13 de dezembro, ativistas fecharam a Alameda São Boaventura em Niterói, no acesso à ponte Rio-Niterói, com uma barricada de pneus em chamas, em protesto contra a PEC 55 (antiga PEC 241) que congela por 20 anos os investimentos nos serviços mais básicos à população, como saúde, educação, previdência social e outros.

Lançamento do novo site do CMI Brasil. Seguimos na luta!

Março 06, 2017 - 00:14
1 comments

O Centro de Mídia Independente do Brasil acaba de lançar seu novo site após 16 anos de existência. A rede Indymedia, da qual o CMI Brasil faz parte, surgiu em 1999 como uma rede de produtoras e produtores independentes com o lema “Odeia a mídia? Seja a mídia!". Desde então, vem buscando oferecer “informação alternativa e crítica de qualidade, que contribua para a construção de uma sociedade livre, igualitária, mais justa, solidária e que respeite o meio ambiente”. Defende também a liberdade de acesso e produção de conhecimento, para contribuir com a concretização daqueles ideais.

Rio de Janeiro-RJ: batalha contra a privatização da CEDAE

Fevereiro 10, 2017 - 07:01
2 comments

Nesta quinta-feira, 09 de fevereiro, ocorreu mais um ato dos servidores com concentração na Alerj, desta vez convocado contra o Projeto de Lei nº 2.345/17, um dos itens que compõe o pacote de ajuste fiscal apelidado popularmente de "pacote de maldades do Pezão", e que prevê a venda da CEDAE (Companhia Estadual de Águas e Esgotos).

Paraty-RJ: Prefeitura ataca moradoras/es tradicionais na tentativa de coibir comércio informal

Janeiro 29, 2017 - 13:37
1 comments

A Prefeitura de Paraty começou um trabalho de "fiscalização do comércio irregular" na cidade que tem afetado principalmente a forma de sustento tradicional de moradoras e moradores da cidade. O Cirandeiro Seu Verino, foi impedido de forma desproporcional e sem justificativa, pela guarda municipal de tocar suas músicas tradicionais no centro histórico. Seu Verino é um símbolo de resistência da cultura paratiense e toca há décadas no centro histórico.

Paraty-RJ: Moradoras e moradores se revoltam com o AUMENTO DAS TARIFAS intermunicipais

Janeiro 17, 2017 - 18:16
Posted in:
2 comments

Ontem, dia 16/01, moradoras e moradores do bairro de Praia Grande em Paraty-RJ, realizaram uma manifestação contra o aumento das tarifas intermunicipais e trancaram a rodovia BR-101 das 16h até às 23:30h. A via foi fechada com troncos de árvore e atearam fogo, não deixando nenhum veículo passar. 

Niterói-RJ: UFF de biologia ocupada contra a PEC 241

Novembro 24, 2016 - 23:52
Posted in:
0 comments

Nesta quinta-feira, dia 24 de novembro, o prédio da Física Velha, no campus Valonguinho da UFF, – onde atualmente ocorrem as aulas da Biologia – foi ocupado por estudantes contra a PEC 55, a reforma do Ensino Médio e a Escola Sem Partido. Esta é mais uma ocupação dentro da Universidade, que já tem outros campi e blocos ocupados. Dentro do Valonguinho, o bloco da Química já está ocupado.

Paraty-RJ: Moradoras e moradores INCENDEIAM ÔNIBUS e BARRAM O AUMENTO da linha Paraty X Perequê

Janeiro 20, 2017 - 02:37
Posted in:
2 comments

Desde o anúncio do aumento das tarifas de ônibus intermunicipais, que ocorreu em 13 de Janeiro e que afetava duas importantes linhas (Paraty X Perequê, que foi de R$5,00 para R$7,00 e Paraty X Angra, que foi de R$ 12,50 para R$ 14,00), moradoras e moradores começaram a se articular em seus bairros e a fechar a BR 101 com barricadas.

[video] Brasília, 29/11/2016 ato contra a pec 55

Dezembro 09, 2016 - 22:13
0 comments

Dia 29 de novembro de 2016 foi votada no Senado a PEC 55 que prevê um teto nos gastos públicos durante os próximos 20 anos, destinando os cortes na saúde e educação para pagamento da dívida pública às grandes financeiras. Do lado de fora, em Brasília milhares de manifestantes se concentravam em um ato de repúdio. Com palavras de ordem e preparação para ação direta, a intenção era paralisar a votação já que a possibilidade de não aprovação era colocada como quase nula, mesmo com os massivos protestos da sociedade. O clima em geral da manifestação era de desagrado e radicalidade, assim como o princípio era de insatisfação com as instituições representativas do governo e do Estado. O ato começou no Museu Nacional, com cerca de 30 mil pessoas de diversos grupos e locais do Brasil, sem uma liderança ou organização pré-definida.

Rio de Janeiro-RJ: Movimentos se reúnem para discutir estratégias de interesse popular para eleições

Setembro 07, 2016 - 23:58
Posted in:

No dia 07 de setembro, em pleno feriado patriótico, a Articulação de Grupos Autônomos (AGA) se reuniu com outros movimentos, para discutir o posicionamento e as estratégias para estas eleições, que estejam de acordo com interesses populares, em vez de reforçar os interesses dos poucos proprietários e gerentes do estado brasileiro.

Rio de Janeiro-RJ: Dia da Consciência Negra é marcada por execuções em favelas.

Novembro 21, 2016 - 04:08
Posted in:
6 comments
Fonte: Mídia Independente Coletiva - MIC

No sábado, dia 19 de novembro, durante uma operação na Cidade de Deus, zona oeste do Rio, um helicóptero da Policia Militar caiu. O incidente desencadeou uma série de operações da polícia em diversas comunidades pela cidade. Dezenas de pessoas já foram executadas e, segundo perícia preliminar, não há evidências de disparos contra a aeronave que, possivelmente, caiu por falha.

Rio de Janeiro-RJ: Estado PRIVATIZA A ÁGUA e reprime manifestação

Fevereiro 21, 2017 - 00:13
0 comments

Há semanas, a população do Rio de Janeiro vem se organizando e indo às ruas para barrar as medidas contra populares do governo do estado, entre elas a privatização da CEDAE, empresa pública mais rentável do Rio de Janeiro. Hoje, dia 20 de fevereiro, não foi diferente, cariocas foram às ruas e enfrentaram a repressão desde as dez horas da manhã. Os protestos, contudo, não foram suficientes para barrar a privatização que foi aprovada por 41 votos a 28 na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

A PEC 241 e os movimentos conservadores anti-ocupação, o que há em comum entre eles?

Novembro 24, 2016 - 23:35
1 comments

A PEC 241/55 pretende congelar os investimentos nos serviços essenciais para a população por 20 anos e com isso, redirecionar tais recursos para grandes empresárias/os do sistema financeiro. Como reação a tais medidas de austeridade, estudantes e trabalhadoras/es em geral se organizam e as ocupações se espalham pelas universidades e escolas. No entanto, grupos conservadores se organizam para tentar impedir as ocupações e garantir o desenvolvimento do neoliberalismo no Brasil.

Páginas